Sem categoria

Argentina atualiza requisitos para entrada em Buenos Aires; confira

Basílica Nuestra Señora del Pilar - Buenos Aires - Argentina | Crédito: Shutterstock

Basílica Nuestra Señora del Pilar – Buenos Aires – Argentina | Crédito: Shutterstock

A fim de garantir a segurança de moradores e viajantes, o governo da Argentina atualizou e reforçou os protocolos de saúde para a entrada em Buenos Aires.

Isso porque, a partir do dia 15/12/2020, não bastará apresentar o teste PCR negativo feito no Brasil: os passageiros terão de se submeter a um novo teste na chegada à cidade, ainda no Aeroporto Internacional de Ezeiza (ou Aeroporto Internacional Ministro Pistarini).

Quer saber mais detalhes sobre isso e, de quebra, ficar por dentro de todas as medidas para não fazer feio na sua próxima viagem? Então leia este post até o final!

PROTOCOLOS PARA A ENTRADA EM BUENOS AIRES

Caminito - Buenos Aires - Argentina | Crédito editorial: Erwin Widmer / Shutterstock.com

Caminito – Buenos Aires – Argentina | Crédito editorial: Erwin Widmer/Shutterstock.com

Todos os turistas internacionais precisam fazer o teste PCR em Buenos Aires. Ele custará 2.500 pesos argentinos (ou aproximadamente R$ 178) e será feito a partir de uma amostra de saliva. O resultado será comunicado em até 12 horas por telefone ou e-mail – ou seja, não há a necessidade de ficar esperando no aeroporto. Importante: recomenda-se não ter comido, bebido ou escovado os dentes nas três horas que precedem a realização do exame.

Caso o resultado seja negativo, o passageiro poderá continuar sua viagem normalmente. Por outro lado, se o resultado for positivo, o viajante terá de cumprir 14 dias de isolamento em um hotel indicado pelo governo (com custo), designado especificamente para o isolamento de pessoas com COVID-19.

Outros requisitos obrigatórios são:

– preenchimento da Declaración Jurada Electrónica até 48 horas antes do embarque. Não se esqueça de que, no momento do check-in, no aeroporto brasileiro, será preciso apresentar o comprovante recebido por e-mail após finalizar a declaração. O documento também terá de ser apresentado em um posto de controle, no aeroporto argentino, após passar pela alfândega;

– teste PCR com resultado negativo, emitido no máximo 72 horas antes do embarque. A realização de um novo teste na chegada a Buenos Aires não elimina a obrigatoriedade de apresentar um que tenha sido feito no Brasil;

– seguro-viagem com cobertura para COVID-19, o qual contemple também internação e isolamento;

– permanência máxima de 10 dias no destino;

– a estada deve se limitar a Buenos Aires, visto que outras cidades argentinas não podem ser visitadas nem de forma aérea ou terrestre.

 

Consulte um agente de viagens

E você, pretende visitar Buenos Aires em breve? Então consulte um agente de viagens. Dessa forma você fica a par de todas as medidas e tem acesso aos melhores roteiros. Além disso, o trabalho deste profissional ganhou ainda mais importância em tempos de pandemia, já que garante assistência antes, durante e depois do passeio.

Depois volte aqui e conte pra gente como foi sua aventura, viu? Assim você ajuda a esclarecer as dúvidas de outras pessoas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *