DicasTurismo

Como não ser barrado(a) na imigração: dicas valiosas para evitar dor de cabeça

shutterstock 631851455

Acima de tudo, quem viaja para o exterior precisa ficar atento(a) às exigências de cada país no processo de imigração l Crédito: Shutterstock

Não importa quantas vezes você já tenha viajado, quando o assunto é imigração sempre bate aquele friozinho na barriga. Afinal, quantas histórias a gente já não ouviu sobre pessoas que já foram barradas por algum motivo? Mas, ó, você consegue contornar este tipo de perrengue se cumprir todas as exigências legais para a entrada no país em questão e seguir algumas dicas essenciaisE pode apostar que tudo o que você precisa saber sobre como não ser barrado na imigração está aqui!
Para viajar precisa de passaporte? A gente responde a essa pergunta 

5 DICAS VALIOSAS DE COMO NÃO SER BARRADO(A) IMIGRAÇÃO

1. Tenha a sua passagem comprada

Férias, viajar sem preocupação, sem data pra voltar… NÃO! Em se tratando de viagens ao exterior, todos os países estabelecem um período máximo de estada, que varia de acordo com o tipo de visto e o motivo da viagem. Contudo, a fim de ter esse controle, muitos destinos exigem que o(a) passageiro(a) apresente uma passagem de volta válida. Sendo assim, é sempre bom que você tenha em mãos o seu bilhete de volta junto com o passaporte. Não coloque este bilhete na mala que você irá despachar; guarde-o na mala de mão ou em alguma mochila ou bolsa, porque há grandes chances de que você vai precisar dele.  

2. Comprove que você tem dinheiro suficiente para a viagem 

Os(as) oficiais da imigração podem fazer algumas perguntas relacionadas à sua situação financeira aqui no Brasil (ou onde você more) para entender a sua capacidade de bancar a viagem. Por isso mesmo, é bastante comum que eles(as) perguntem quanto de dinheiro você está levando. Além disso, o valor informado deve ser compatível com a duração da viagem. Por exemplo, uma quantia razoável é cerca de 60 euros ou dólares por dia. Entretanto, atenção: é obrigatório declarar o valor se você estiver viajando para os Estados Unidos ou União Europeia com mais 10 mil dólares ou euros.  

8 erros que devem ser evitados em viagens de avião 

Dica extra: você também pode usar o limite do seu cartão de crédito para comprovar que tem o dinheiro. Mas nesses casos o(a) agente pode pedir para ver o saldo ou o limite disponível no cartão. Portantovale a pena levar a fatura impressa (ou o saldo) com a data mais atual.

3. Possua a hospedagem programada

Como não ser barrado(a) na imigração: tenha como comprovar onde você vai se hospedarDessa forma, leve impresso seu comprovante de reserva com a informação do pagamento aprovadoOs(as) agentes poderão verificar se a sua reserva está ativa, então certifique-se de que está tudo OK quanto a isso. Para quem for se hospedar na casa de algum(a) amigo(a) ou parente, confira as exigências de cada país em relação a isso. Isso porque alguns pedem uma carta-convite dos(as) anfitriões(as) e um formulário preenchido à mão. Além disso, é imprescindível que a pessoa que vai te hospedar seja residente legal no destino.

4. Saiba explicar sobre a sua viagem 

shutterstock 1886369392

Durante o processo de imigração se mantenha calmo(a) e tranquilo(a), pois é muito mais simples do que parece l Crédito: Shutterstock

“Qual é o motivo da sua viagem?”. Isso pode parecer óbvio, mas, acredite, esta é uma das primeiras perguntas que você vai ouvir na imigração. E é preciso muita atenção na hora de responder! Se for uma viagem a turismoo(a) agente pode te perguntar por que você escolheu determinada cidade ou quais atrações pretende visitar. Caso você cite algum evento, ele(a) pode perguntar a data e pedir o ingressoLogo, esteja preparado(a). Já para quem viaja a trabalho ou para estudar será necessário levar uma carta-convite da instituição, comprovante de inscrição e demais documentos. Mais uma vez: tudo sempre impresso e em mãos.

5. Tenha um seguro-viagem 

Obrigatório em mais de 30 países, o seguro-viagem é item imprescindível, seja em viagens para o exterior, seja dentro do Brasil. Ao mesmo tempo, esta é uma ótima dica de como não ser barrado(a) na imigração. Os países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen exigem cobertura mínima de 30 mil euros em despesas médicas durante a viagem. Mas, calma, pois este não é o valor que você vai ter de pagar pelo seguro-viagem! Por outro lado, destinos como os Estados Unidos, por exemplo, não exigem seguro obrigatório. Porém, você estará sujeito(a) a arcar com eventuais despesas médicas e hospitalares, que podem custam uma fortuna. Nós sugerimos que você sempre opte por adquirir um seguro-viagem, tornando assim a sua viagem mais tranquila.  

Tratado de Shengen: o que é e por que é importante conhecer 

COMO NÃO SER BARRADO(A) NA IMIGRAÇÃO: DICAS EXTRAS 

shutterstock 1012925806

Uma dica importante é organizar seus documentos em pastas, assim como guardá-los em locais de fácil acesso l Crédito: Shutterstock

– Não se desespere se você não fala bem o idioma do país. Os(as) agentes costumam se esforçar para entender e, às vezes, contam com o apoio de tradutores(as).

– Apenas familiares diretos e casados no papel podem passar juntos na imigração. Em outras palavras, namorados(as)amigos(as) e conhecidos(as) costumam ser separados(as) nesse momento. Sendo assim, é importante que todos(as) tenham os documentos necessários individualmente 

Febre amarela: como tirar o Certificado Internacional de Vacinação 

– Atenção com o celular! A maioria dos países não permite utilizar o celular. Respeite as regras e tenha sempre em mente que você estará sendo observado(a). Além disso, mantenha todos os documentos organizados e em um local de fácil acesso.  

– De modo geral a imigração pode parecer um bicho de sete cabeças, mas é um processo rápido e tranquilo. Se você estiver com a documentação certa e tudo em ordem, não tem por que se desesperar, viu?  

MAS, AFINAL, O QUE ACONTECE SE VOCÊ FOR BARRADO(A)?

Caso você não passe no processo de imigração por conta de algum motivo ou suspeita, os(as) agentes vão te levar para uma sala especifica, na qual outro(a) profissional fará uma série de perguntas e revistará sua bagagem. Esta segunda parte pode levar algumas horas. No entanto, não se exalte, uma vez que isso nunca facilita as coisas 

Na maioria das vezes as pessoas saem da salinha liberadas para entrar no país. Mas lembre-se de sempre manter a calma e responder a todas as perguntas, mesmo que às vezes elas sejam repetidasOs(as) passageiros(as) que são inadmitidos(as) costumam ficar em uma área especifica do aeroporto, até que seja providenciado um voo de retorno ao país de origem.  

E AGORA, TUDO PRONTO PARA A VIAGEM?  

shutterstock 2105437667

Durante a imigração, priorize andar com a documentação sempre impressa e em mãos l Crédito: Shutterstock

O que fazer se perder o passaporte no exterior: principais dicas 
Consulado x embaixada: entenda a diferença entre eles e saiba como podem te ajudar 

E aí, curtiu as nossas dicas de como não ser barrado(a) na imigraçãoTem algum macete extra? Conta pra gente! Ah, e, se for viajar, lembre-se de sempre consultar um(a) agente de viagensMesmo porque este(a) profissional será essencial não apenas no processo de imigração, mas também em todo o planejamento e sempre que rolar algum imprevisto. Ou seja: você nunca vai ficar na mão 😉 

Fonte: https://www.segueviagem.com.br/blog/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.