Turismo

Reabertura da Espanha: brasileiros vacinados já podem entrar no país

*Atualizado às 14h11 do dia 24/08/2021*

Tá a fim de ir pra Europa em um futuro próximo? Pois então aqui vai uma boa notícia: a reabertura da Espanha para viajantes brasileiros começa hoje, 24/08. Porém, é preciso já ter sido 100% vacinado contra a COVID-19 para poder entrar no país, apesar de haver algumas exceções. Continue lendo este post e fique por dentro de todos os detalhes!

Pós-pandemia: 12 destinos na Europa que todo mundo precisa visitar
Afinal, em quais países os brasileiros podem entrar?

REQUISITOS DE ENTRADA: VIAJANTES VACINADOS

Malaga Espanha shutterstock 1751010836

Agora que a Espanha reabriu, que tal pegar uma praia em Nerja, na província de Málaga? | Crédito: Shutterstock

Madri, Barcelona, Sevilha, Valência, Málaga, Santiago de Compostela… Não foi por acaso que todos esses nomes ganharam o mundo. E, basta uma visitinha a um(a) agente de viagens para se deparar com mais muitos outros destinos imperdíveis do país. Agora que a reabertura da Espanha já é uma realidade, você já pode começar a sonhar com a sua próxima viagem! No entanto, antes de qualquer coisa, é preciso ter em mãos um certificado de vacinação completo, que comprove que a última dose da vacina foi tomada pelo menos 14 dias antes da chegada ao país.

Catalunha: 8 atividades imperdíveis em Barcelona
Girona: um tour pela cidade catalã e pelos cenários de Game of Thrones

No momento, as vacinas aceitas são as seguintes: Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca, Janssen, Sinovac/Coronavac e Sinopharm. Ou seja: quem tomou as principais vacinas aplicadas no Brasil, incluindo a Coronavac, vai poder entrar no país.

A única coisa é que o certificado precisa estar em espanhol, inglês, francês ou alemão. Portanto, não adianta ter sido vacinado e querer apresentar o certificado em português, OK? Para obter o documento em inglês ou espanhol, por exemplo, a dica é acessar a plataforma ConecteSUS por meio do site ou do app, disponível para smartphones Android e iOS. Todo o processo é bem simples, mas só é possível obter o certificado em outro idioma após tomar as duas doses da vacina ou, então, a vacina de dose única.

Passo a passo: como obter o certificado de vacinação contra a COVID-19

Ao mesmo tempo, é obrigatório preencher o formulário Spain Travel Health. Quem quiser, pode fazer isso por meio do aplicativo – há versões para Android e iOS. Ao terminar de preenchê-lo, um código QR é gerado. Este código, por sua vez, deve ser apresentado no momento do embarque e na chegada à Espanha.

AINDA NÃO ESTOU VACINADO(A). POSSO IR À ESPANHA?

Sim, mas você precisa fazer parte de uma das seguintes categorias para poder entrar no país:

a) espanhóis;

b) cônjuges de cidadãos espanhóis ou com união estável inscrita em um registro público, bem como filhos menores de 21 anos de cidadãos espanhóis ou nacionais da União Europeia e do Espaço Econômico Europeu. Deve-se apresentar cópia do passaporte do cidadão europeu e certidão de nascimento ou livro de família;

c) residentes na Espanha ou em outros países da União Europeia, Estados Schengen Associados, Andorra, Mônaco, Vaticano ou São Marino, que tenham como comprovar isso;

d) titulares de visto de longa duração emitido por um Estado-Membro ou Estado Schengen Associado;

e) pessoal de transporte, marinheiros e pessoal aeronáutico, necessários ao desempenho das atividades de transporte aéreo;

f) pessoal diplomático e consular, de organizações internacionais, militares, da proteção civil e membros de organizações humanitárias no exercício de suas funções;

g) pessoas que comprovem documentalmente motivos de força maior ou necessidade ou cuja entrada seja permitida por motivos humanitários;

h) estudantes que realizem os seus estudos em um país da União Europeia ou Estado Schengen associado e que possuam a correspondente autorização ou visto de estada de longa duração, desde que se dirijam ao país onde estudam e que a entrada ocorra durante o ano letivo ou nos 15 dias anteriores. Se o destino for a Espanha e a estada de até 90 dias, deve ser comprovado que os estudos são realizados em um centro de ensino autorizado;

i) trabalhadores altamente qualificados e cujo trabalho não pode ser adiado ou executado à distância. Isso inclui participantes em eventos esportivos.

Considerações para viajantes não vacinados

Valencia Espanha shutterstock 712575202

Vista aérea parcial de Valência, na Espanha | Crédito: Shutterstock

Caso você se encaixe nas categorias a)b)c)d), e e) você deve documentar sua situação junto às autoridades de fronteira. Isso significa apresentar passaporte, visto, cartão de residência, certidão de casamento ou união estável e/ou livro de família, conforme o caso. Já as categorias f), g) i) exigem entrar em contato com a Embaixada ou o Consulado para obter a autorização de viagem. Neste caso, basta escrever um e-mail para [email protected] com pelo menos uma semana de antecedência.

Além disso, você precisa preencher o formulário Spain Travel Health e apresentar teste RT-PCR negativo para COVID-19, realizado no máximo 72h antes de chegar à Espanha, ou teste de antígeno, feito até 48h antes. Você só está dispensado(a) dos testes se tiver um certificado de recuperação da doença, que comprove a infecção no máximo 180 dias a partir da data de recolhimento da amostra.

Tratado de Schengen: o que é e por que é importante conhecer

Trânsitos fora do Espaço de Schengen podem ser feitos por todos os viajantes. Porém, devem permanecer na área internacional do aeroporto. Em contrapartida, o trânsito para outro país Schengen só está liberado para pessoas vacinadas ou, então, que se enquadrem nas categorias descritas acima.

CONTROLE SANITÁRIO

Vale ressaltar que todos os passageiros que chegam à Espanha devem passar por um exame de saúde ainda no aeroporto. Isso inclui, pelo menos, uma medição de temperatura, checagem de documentos e avaliação visual do estado de saúde do viajante. Todos estão sujeitos à realização de um teste de antígeno.

APROVEITE A REABERTURA DA ESPANHA: FALE COM UM(A) AGENTE DE VIAGENS

Madri Espanha shutterstock 270312647

Clique de Madri, a bela capital da Espanha | Crédito: Shutterstock

E aí, agora que você já tem na ponta da língua tudo sobre a reabertura da Espanha, que tal fazer do país o seu próximo destino? Então consulte agora mesmo um(a) agente de viagens e comece a planejar a sua trip. Dessa forma, ao se programar com antecedência e com o apoio de um(a) profissional, você garante segurança e tranquilidade do embarque ao desembarque.

13 destinos para conhecer antes dos 30 anos
11 dicas de destinos no exterior para o público LGBT+

Depois volte aqui pra contar pra gente como foi, viu? Isso porque o seu depoimento pode instigar outras pessoas a embarcarem rumo ao Velho Continente!

Fonte: https://www.segueviagem.com.br/blog/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *